quarta-feira, 12 de outubro de 2011

ADRIANA Simplesmente


Amável estonteande glamorosa
Divina, altiva menina dengosa
Radiante em seu semblante
Incrível em seu sublime ser
Adorável, criatura brilnhate
Nada a detém charmosa envolvente
Ama a vida, seu sol o vento pujante.
Adriana Simplesmente
 **Um dia resolvi completar:



Honesta, para e com a Vida
Elegante solidária coerente no Estar
Lúcida com seu querer e pensar
Elementos na sua rotina a lembrar
Nada a detém em seu caminhar
menina obra Divina a brotar.

Não mais simplesmente, agora 
Adriana  é Helena.


2 comentários:

  1. Obrigada querido Rui!
    Gostei muito da sua delicadeza por ter feito este poema!
    Sempre foi muito gentil comigo!
    Só tenho a agradecer de todo o coração!
    Parabéns pelo seu Blog de Poesias!
    Está muito bonito e organizado, além de conter palavras e sentimentos lindíssimos às suas amigas! Muito bonito mesmo!
    Um grande abraço amigo, e tenha uma ótima tarde!

    ResponderExcluir
  2. Pois é Aqui há Amigas, umas que conheço, outras que conheço sem conhecer, outras que um dia foram mais que amigas, mas algo me ensinou que o Bom é que todas me merecem duas coisas. Carinho, Muito Carinho e respeito, Sempre e Muito Respeito. Bjks. Querida Amiga.

    ResponderExcluir