sexta-feira, 11 de abril de 2008

PARTIR




















Partir....
Como é grande a dor que sinto,
Porque me vais deixar tão só, assim
São Longos os dias e as noites que pressinto,
Sem saber como estás, eu não sinto

Num teclado gelado.
Onde dedinhos abençoados
Conseguem de forma singela
Transmitir pela janela
Sentimentos despojados
Há quanto tempo guardados
Por Criatura tão bela.

Parte,Vai, curte seu mundo
Atrás bem aqui ao fundo
De intruso aparece o luso
Se intromete e nada teme
Sente falta, se enternece
E mais um dia Aguarda
Enfim a sua chegada.

Volte e tenha uma certeza.
Pela telinha e suas janelinhas,
De forma singela e sincera
Aqui com mais ternura que antes
Um Amigo Grande te espera.

Rui Ventura


Dezoito dias depois saiste de férias,
esta foi minha despedida.....Gostou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário